Miguel Torga

Monday, June 12, 2006

Miguel Torga

Miguel Torga, o poeta patriota e amante da natureza



· 1907 – Nasceu a 12 de Agosto em S. Martinho de Anta, de seu nome completo Adolfo Correia da Rocha.

· 1920 – Emigra para o Brasil onde, aos treze anos, começou a escrever versos, tendo regressado em 1925.

· 1928 – Ingressou na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, publicando paralelamente o seu primeiro livro de poesia (A Ansiedade), nunca mais tendo parado de escrever.

· 1934 – Assinou pela primeira vez com o nome de Miguel Torga, pseudónimo que adoptou.

· Ao longo da sua vida, escreveu 15 livros de poemas, 17 de prosa, 4 de teatro e 16 volumes de diário, todos com numerosas reedições.

· A sua obra, recheada de simbologia bíblica, encontra-se imersa num sentido divino que transfigura a natureza e dignifica o Homem.

· Ganhou diversos prémios de literatura, entre os quais se destacam o Grande Prémio
Internacional da Poesia (1985) e o prémio de Camões no valor de dez mil contos (1985).

· Faleceu a 17 de Janeiro de 1995.




Título do Poema: Êxtase

“Terra, minha medida!
Com que ternura te encontro …”

Escolhemos este poema, porque transmite a relação existente entre o sujeito poético e a sua Terra, deixando transparecer que se conhecem perfeita e mutuamente. A Terra é a sua medida e todo ele é amor a ela (sentimento de ternura), estando esta ligada aos sentidos. O sujeito poético pode ainda querer transmitir parte da sua vida (como cresceu a trabalhar a Terra, sendo fonte de sentimento).


Bibliografia

www.literatura portuguesa.pt/ Miguel Torga
www.wikipédia.com/escritores
Trabalho realizado por:
Cátia Ferreira Nº7
Joana Silva Nº12
Tânia Cerqueira Nº25

10ºC2

Escola Secundária Ferreira Dias